UM NOVO PAÍS AINDA É POSSIVEL

por Artemis Zamis

O ano de 2020 ficará marcado na história como o pior ano que nossa geração pode experimentar, desde que o S.S. Demerara chegara ao porto de Recife trazendo a pior e mais devastadora de todas as pandemias que foi a gripe espanhola. Mais de 100 milhões de pessoas sucumbiram por causa da peste em todo o mundo. Foi o ano em que nosso planeta foi atacado de novo e ainda continuamos a experimentar sem trégua, o gosto insípido da perda. Todos os dias perdemos um abraço, um beijo, um afago de alguém que amávamos.

Temos novos comportamentos, novas maneiras de nos relacionarmos e um novo modo de vida. 2020 foi o ano ruim em todos os sentidos. Afinal, uma pandemia não pode trazer outra coisa a não ser a derrota e muita desgraça. O Brasil não ficou de fora desse flagelo humano, e como se não bastasse, o potencializou pelo descaso e pela incompetência das autoridades. Já mencionei isso em outros textos e posso estar sendo repetitivo, mas entendo que são coisas que precisam ser ditas sempre, até que mudem, até que se mude.

O Brasil, em meio ao medo e a expectativa da vacina, assiste ansioso os mais de 40 países vacinarem em massa seus compatriotas. Governos aguerridos em busca da vacina obtiveram sucesso em adquiri-las e promovem o alívio do medo, optando por dar a todos a esperança da vida.

2021 será o ano da esperança.

É o ano em que cedo ou tarde a vacina virá. E é apenas ela que pode nos assegurar a vida e a força para lutar e acreditar que podemos sim, fazer um pais melhor, um novo país.

Um novo país ainda é possível.

É possível porque nosso povo ainda tem maioria que é solidaria, afeita a bons gestos de humanidade e propagador de esperança. Nossa esperança deverá ser pautada em uma união forte, coesa, onde as diferenças sejam deixadas um pouco de lado e nossa luta seja pela reconstrução. Uma reconstrução da economia, do trabalho, da educação, da saúde, mas principalmente a reconstrução de nossa sobriedade perdida. Reconstruir em nome dos que perdemos, um novo caminho, novos pensamentos e nova forma de país. O mundo mudará e com ele obrigatoriamente também mudaremos. Ainda é desconhecido o que nos aguarda no futuro. Tudo ainda é obscuro e temeroso, não temos a absoluta certeza do que será o pós pandemia, porém há de se lutar e acreditar que o melhor e mais promissor terá que acontecer.

Lutaremos por nossos filhos, nossos netos, toda nossa família. Nossas estruturas familiares são sempre nossos pilares e são por eles que acordamos e voltamos pra casa todos os dias.

Um novo país é possível, acredite nisso.

FELIZ 2021!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *