Parlamentares e lideranças do PT: Parem. Simplesmente Parem!

por Heliomar Souza

Se ilude e se engana quem acha que os que pregam e pedem uma frente ampla e democrática no país pensam em incluir o Partido dos Trabalhadores nessa tal frente sem exigir, ao maior partido de esquerda da América Latina, que ele abra mão da vontade dos seus mais de 2 milhões de filiados.

As eleições municipais começaram e com ela está brotando novamente, como esgoto a céu aberto, o chamado antipetismo que estava guardado na gaveta dos que odeiam Lula, o PT e a sua história de luta, de acertos, e sim, de erros também, entretanto, o PT acertou mais do que errou e o povo sabe disso!

Hoje, os que dão voz ao PT por estarem na linha de frente, como os atuais deputados federais e estaduais, senadores e lideranças nacionais, precisam parar de errar ao dar voz, aos que até ontem e inclusive hoje, usam os seus espaços e prestígios para atacar o maior partido de esquerda deste país. Se faz necessário parar de dar vez e voz a alguém que prega o antipetismo, apenas pelo fato dela ser crítica ao DESgoverno Bolsonaro.

O PT, seus parlamentares e filiados precisam parar de dar publicidade, em modo de solidariedade, aos que jogam contra o partido na primeira oportunidade que surge, como o youtuber que se coloca como porta-voz da democracia.

Parem. Simplesmente parem!

Se existe algo que precisamos aprender com o ‘cala boca’ que a Globo está dando no Lula e nos protagonistas do PT é o “modus operandi” para ser usado com os que jogam contra, pois, aquela máxima de que, os inimigos do nosso inimigo são nossos amigos, não serve quando o intuito é propagar e difundir o antipetismo quando surge a tão sonhada oportunidade, além de trabalhar para destruir a construção da imagem do partido que a militância faz dia e noite nas redes e nas ruas, quando nas ruas puderam estar.

Por isso, mais uma vez pedimos, parem de dar sobrevida e socorrer os que, ao nos verem sendo atingidos e feridos pela intitulada opinião pública imposta pela mídia, fazem questão de dar em nós, militantes petistas, o golpe final, o golpe da morte.

Um comentário em “Parlamentares e lideranças do PT: Parem. Simplesmente Parem!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *